Plano de Guadalupe (1913-1914)

“Paralelamente ao crescimento das forças camponesas comandadas por Villa e seus generais, começavam a gestar-se as forças revolucionárias que apoiariam a chegada de Venustiano Carranza ao primeiro posto político do país”. (MEDINA, 2008, p. 102).

 

Venustiano CarranzaOs constitucionalistas foram um grupo surgido em 1910 na tentativa de depor o então presidente Porfírio Díaz ou vencê-lo nas eleições daquele ano. O movimento pretendia retomar a Constituição de 1856, mas posteriormente visou a criação de uma nova constituição, algo que ocorreria em 1917. Os constitucionalistas como ficaram chamados, tendo como principal líder o empresário e político Venustiano Carranza(1860-1920), o qual reuniu os líderes revolucionários do Norte em 1913 para atacar Huerta o qual havia deposto o presidente Madero e o assassinado em seguida, para usurpar o poder. Nessa época, Carranza era o governador de Coahuila, estado em que nascera, possuía grande prestígio e influência na região, e usou seu poder para atacar o usurpador e novo ditador Huerta. Em 26 de março, reunido em uma fazenda sua, chamada Guadalupe, Carranza propôs o Plano de Guadalupe, o qual tinha a missão de tomar a capital do país, forçar Huerta a renunciar a presidência, realizar novas eleições presidenciais e manter a fidelidade a Constituição de 1856.

Assim, Carranza conseguiu vários aliados a sua causa, a qual ficou conhecida como Movimento Constitucionalista, o qual marcaria a segunda parte da Revolução Mexicana. Os generaisÁlvaro Obregón, Felipe Ángeles, Adolfo de la Huerta, Pablo González Garza, Pancho Villa entre outros aderiram a causa iniciada por Carranza.

 

General Álvaro ObregónUm fato que merece destaque é que pela postura burguesa de Carranza assim como a de Madero, ele posteriormente não daria muita atenção ao movimento agrário defendido por Pancho Villa e seus generais da Divisão do Norte, algo que levaria Villa a romper com Carranza posteriormente, quando notou que esse estava indo por outro caminho diferente. Ao mesmo tempo, vale também a questão de que Villa era egocêntrico e arrogante, o que o levou também a entrar em atrito com Obregón, considerado o mais leal general de Carranza.

“Mas enquanto lutaram juntos, ambos – Carranza e Villa – constituíram o exército constitucionalista contra Victoriano Huerta. Essa força era integrada por três frentes: a primeira era o Exército do Nordeste, que executava suas operações nos Estados de Tamaulipas, Nuevo Léon e o Nordeste do país, comandado por Pablo González, um general sem imaginação e inepto, que só servia para ganhar tempo. O segundo era o Exército do Noroeste, que atuou a partir do Estado de Sonora em direção ao Sul, pelos Estados da costa Oeste, comandado por Álvaro Obregón, gênio militar que mais tarde seria presidente do México. Por último, a Divisão do Norte, comandada por Pancho Villa, no centro do país”. (MEDINA, 2008, p. 105).

Huerta estava acuado na capital, os exércitos constitucionalistas avançavam pelo centro e oste do país, confrontando as tropas federais. No sul o movimento zapatista crescia, e não demonstrava apoio ao governo de Huerta, logo o mesmo estava praticamente sem chances de vitória. Obregón avançava com suas tropas em direção a capital, Villa seguia conquistado as linhas férreas do país, isso fora um golpe crucial para a mobilização das tropas federais. Grande parte do contingente da Divisão do Norte avançou de trem até a Cidade do México; não obstante, Carranza criou um Estado em Sonora, uma espécie de Estado dentro do Estado, aparte do governo central.

“Villa percebeu imediatamente a importância que a estrada de ferro teria nas mobilizações armadas. Ela não só significava uma rápida mobilidade nas operações militares, mas também um meio eficiente para conseguir os apetrechos militares necessários, já que as linhas levavam até os Estados Unidos, principal provedor de armas e munições durante a revolução”.

Fonte: http://seguindopassoshistoria.blogspot.com.br/2012/06/revolucao-mexicana-1910-1920.html?m=1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s